(44) 99949-3599  |  /andrealmenaraoficial


Autor de homicídio se apresenta e assume crime do Ebenezer


No final da manhã desta terça-feira (9), o advogado criminal Morales levou até a Delegacia de Homicídios de Maringá um rapaz que estava sendo investigado por um crime de assassinato que ocorreu na madrugada do último sábado (6) na Rua Itaipu, no Jardim Ebenezer. O senhor Gesse de Souza Gomes, de 49 anos, foi atingido por vários tiros e morreu. O suspeito Eliezer Pereira de Souza, de 21 anos, que já consta com passagem por tentativa de homicídio foi o atirador. 

Na delegacia, Eliezer contou aos policiais da D.H que atirou e matou a vítima depois de ter sido ameaçado de morte por ter atirado em um rapaz no dia 11 de agosto no Conjunto Rodolpho Bernardes. Eliezer disse que Leonardo Henrique Goba, de 24 anos, que foi baleado no dia, era amigo de Gesse. Em seu depoimento, Eliezer relatou que na madrugada de sábado passou na frente do bar onde estava Gesse e efetuou alguns disparos. 

O suspeito ainda disse que depois dos tiros voltou e esperou Gesse sair do bar para cometer o crime já que estava sendo ameaçado de morte. "Dei alguns tiros e fugi no meu automóvel", disse Eliezer. O atirador contou no interrogatório que usou uma pistola calibre 380 para matar Gesse e depois devolveu para uma pessoa que teria alugado a arma para Eliezer. Como não havia mandado de prisão contra Eliezer, o suspeito confessou o crime e foi colocado em liberdade.


Redes Sociais:

Compartilhar no facebook


Copyright © 2013-2018 Logicomp Soluções e TI & Logicomp Studio. Todos os Direitos Reservados