(44) 99949-3599  |  /andrealmenaraoficial


Presos fazem reféns em rebelião na Penitenciária de Maringá


Presos estão fazendo um agente carcerário e dois presos reféns em uma rebelião na Penitenciária Estadual de Maringá (PEM), que começou no final da manhã desta quinta-feira (4). Policiais militares, bombeiros e agentes da Seção de Operações Especiais (SOE) tentam controlar a situação. Quatro policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), de Curitiba, assumiram as negociações com os presos.

Pela manhã havia fumaça saindo do telhado da galeria 7 da Penitenciária. De acordo com informações dos policiais, os presos que estão rebelados colocaram fogo em colchões. Informações obtidas no local pelo repórter André Almenara apontam que a galeria em que ocorre a rebelião abriga 90 presos. Uma ambulância do Siate chegou ao local com um médico do Samu e uma enfermeira. A PM informou que o agente penitenciário feito refém desmaiou após inalar fumaça.

O agente penitenciário e os dois presos, mantidos sob poder dos rebelados, foram feitos reféns durante a entrega de kits de higiene, na manhã de hoje. De acordo com a direção da PEM, nenhum dos reféns sofreram agressões físicas. 

Embora não tenham entregue nenhuma carta de reivindicação, os rebelados teriam contado, através de ligação celular, a familiares que aguardam no lado de fora da PEM o desfecho, que estão insatisfeitos com a transferência para a penitenciária de presos de outras localidades, inclusive de Curitiba, integrantes de grupos rivais, o que aumenta a tensão dentro da unidade. Também estariam insatisfeitos com a chefia da carceragem e com a demora na emissão das carteirinhas para os visitantes.

Um caminhão que faz a entrega das marmitas aos presos chegou à Penitenciária Estadual de Maringá (PEM) no final da tarde desta quinta-feira, mas os rebelados da galeria 7 não deverão receber comida, só os que não participam do motim serão servidos. O abastecimento de água foi cortado, também na ala 7. O Comandante do 4º Batalhão, Tenente-coronel Ademar Paschoa, e o Subcomandante Major Fonseca, estão acompanhando as negociações.

 

 

Colaboração: O Diário de Maringá.

 

 

 

 


Redes Sociais:

Compartilhar no facebook


Copyright © 2013-2018 Logicomp Soluções e TI & Logicomp Studio. Todos os Direitos Reservados