(44) 99949-3599  |  /andrealmenaraoficial


Rapaz é condenado por ter agredido com taco de beisebol a sogra e ex-mulher em Maringá


Humberto de Oliveira Musolon, de 30 anos, acusado de ter agredido com um taco de beisebol a sogra e ex-mulher no dia 13 de julho do ano passado na Vila Santo Antônio foi condenado pelo corpo de jurados. O juiz Claudio Camargo dos Santos leu a sentença no início da madrugada desta sexta-feira (14) no plenário do Fórum de Maringá.

O acusado que estava preso na Casa de Custódia foi condenado em 13 anos e 10 meses de prisão em regime fechado. O julgamento que aconteceu 1 ano depois do crime foi contra a dona Roseli Aparecida de 44 anos, e sua filha, Carla Tuani dos Santos, de 22. O acusado usou um taco de beisebol para bater nas duas mulheres que estavam levando duas crianças do casal para a creche.

As vítimas foram internadas na época com ferimentos graves na cabeça, braços e pernas. A dona Roseli chegou a ter afundamento de crânio em decorrência das lesões no crânio. Humberto e Carla ficaram juntos aproximadamente 3 anos. Durante esse tempo, Carla afirma que era agredida e humilhada constantemente pelo ex.

De acordo com a vítima, Humberto não aceitava o fim do relacionamento que teria acabado em dezembro de 2015. Os advogados de defesa do acusado, Everton Caldeira e Liana Carla, devem recorrer da decisão. Humberto Musolon deverá ser transferido para a Penitenciária Estadual de Maringá nos próximos dias. Já os advogados de acusação, Marcelo Ortiz e José Nunes Furtado, saíram satisfeitos com a condenação do acusado.


Redes Sociais:

Compartilhar no facebook


Copyright © 2013-2017 Logicomp Soluções e TI & Logicomp Studio. Todos os Direitos Reservados