(44) 99949-3599  |  /andrealmenaraoficial


Suspeitos de terem amarrado e matado homem em córrego são presos


Um trabalho de investigação da Polícia Civil de Paiçandu com apoio da Delegacia de Homicídios de Maringá resultou na prisão de dois suspeitos que teriam participado da morte de Arnaldo dos Santos Oliveira, de 38 anos, o vulgo "Perereca". A vítima foi encontrada sem vida e com as mãos amarradas na última quarta-feira (28) em um córrego nos fundos do Aeroporto Regional.

Jeferson de Oliveira Lisboa, de 19 anos, e Jonathan Cavalari Duque, de 26 anos, que foram presos no final da tarde (29) na cidade de Paiçandu, negam ter matado Arnaldo. Os suspeitos são moradores de Paiçandu. De acordo com a Polícia Civil, uma testemunha teria relatado aos policiais a participação de Jeferson e Jonathan no crime. Há a participação de uma terceira pessoa que já foi identificada. 

Um dos investigadores da Delegacia de Paiçandu contou ao repórter André Almenara que antes da vítima morrer teria ido em uma boca de fumo no Jardim Bela Vista na cidade de Paiçandu e furtado pedras de crack e três correntes de ouro. O policial contou ainda que a testemunha teria presenciado Arnaldo ser espancado por três homens e depois colocado em um automóvel Fiat Uno de cor vermelha. 

Arnaldo dos Santos Oliveira já foi vítima de um atentado no começo do ano no Jardim Bela Vista 3. Arnaldo foi atingido por uma faca e precisou ser socorrido por uma equipe do Samu. No dia em que foi esfaqueado, Arnaldo mentiu seu nome porque havia contra ele um mandado de prisão por ser foragido da CEPIM. 


Redes Sociais:

Compartilhar no facebook


Copyright © 2013-2018 Logicomp Soluções e TI & Logicomp Studio. Todos os Direitos Reservados