HOMEM QUE MATOU CUNHADO EM MARINGÁ LEVA ARMA NA POLÍCIA E CONFESSA CRIME

Publicado em 06/12/2016

HOMEM QUE MATOU CUNHADO EM MARINGÁ LEVA ARMA NA POLÍCIA E CONFESSA CRIME

Jonathan Bissoli Miranda, 21 anos, compareceu na Delegacia de Homicídios de Maringá e confessou ter atirado e matado seu cunhado, o Heliton Jonatã Moreira dos Santos, 33 anos. O crime aconteceu no último fim de semana no Jardim Colina Verde. Acompanhado de um advogado criminal, o suspeito levou um revólver calibre 38 no qual teria sido usado no assassinato. Em seu depoimento, Jonathan Bissoli relatou que houve uma briga entre ele e o cunhado há cerca de 1 ano e meio. O motivo que o autor do crime disse é que Heliton maltratava sua irmã, e que no dia do homicídio teria sido provocado por Jonathan. O autor do crime ainda relatou em seu depoimento que tinha um amigo com ele no carro. O delegado Diego de Almeida, afirmou que o passageiro será intimidado para comparecer na delegacia para prestar um depoimento. Jonathan Bissoli foi ouvido e liberado pois não havia mandado de prisão. O suspeito por enquanto responderá o crime em liberdade.

 

Veja mais fotos desta notícia:

Foto de HOMEM QUE MATOU CUNHADO EM MARINGÁ LEVA ARMA NA POLÍCIA E CONFESSA CRIME Foto de HOMEM QUE MATOU CUNHADO EM MARINGÁ LEVA ARMA NA POLÍCIA E CONFESSA CRIME Foto de HOMEM QUE MATOU CUNHADO EM MARINGÁ LEVA ARMA NA POLÍCIA E CONFESSA CRIME Foto de HOMEM QUE MATOU CUNHADO EM MARINGÁ LEVA ARMA NA POLÍCIA E CONFESSA CRIME Foto de HOMEM QUE MATOU CUNHADO EM MARINGÁ LEVA ARMA NA POLÍCIA E CONFESSA CRIME Foto de HOMEM QUE MATOU CUNHADO EM MARINGÁ LEVA ARMA NA POLÍCIA E CONFESSA CRIME

 

Lava e Leva

Assine nossa newsletter e receba todas as novidades.