Polícia Civil de Paiçandu prende suspeitos de um crime de homicídio

A Polícia Civil da cidade de Paiçandu cumpriu dois mandados de prisão contra dois suspeitos de terem participado de uma tentativa de homicídio e de um crime de homicídio na noite do feriado de páscoa, 21 de abril. Estão presos Alisson de Oliveira, de 21 anos, e Diego dos Santos, de 19. Alisson já foi preso no crime de roubo. Diego já consta com passagens por porte ilegal de arma de fogo e receptação.

O delegado Mateus Ganzer, responsável pela delegacia de Paiçandu, disse que os dois criminosos são suspeitos de terem participado do tiroteio que vitimou a dona Raimunda Nonato Constantino, de 57 anos, que foi baleada no peito. O alvo era Pedro Henrique Tavares, de 25 anos, que foi baleado e sobreviveu aos ferimentos causados no abdômen e coxa. 

As vítimas estavam em um bar no Jardim Catedral quando foram atingidas pelos tiros. Um carro passou efetuando os disparos. Outras duas pessoas que estavam em outras mesas também saíram feridas. O veículo VW Polo usado pelos atiradores foi encontrado no dia 30 de abril queimado em uma área rural da cidade de Paiçandu. Alisson e Diego que foram presos com uma espingarda negam qualquer participação no atentado. A polícia diz que existem outras pessoas envolvidas.