Comerciante da Morangueira que foi esfaqueado morre no hospital

O comerciante Arionaldo Hélio de Melo, de 55 anos, infelizmente morreu no início da tarde deste sábado (1) no Hospital Bom Samaritano de Maringá. Ele foi vítima de esfaqueamento no dia 24 do mês passado em seu estabelecimento comercial na avenida Morangueira.

No dia do ocorrido, Danilo Henrique Felisberto da Silva, de 27 anos, que foi preso no mesmo dia do crime, confessou ter ferido o senhor Arionaldo por causa de uma dívida no valor de R$ 200,00 de um programa amoroso. O criminoso contou na delegacia que o comerciante era também “cafetão”.

Depois de uma discussão, Danilo Henrique pegou uma faca da própria vítima desferindo mais de dez golpes em Arionaldo. O autor das facadas fugiu levando o celular do comerciante. A vítima foi socorrida em estado grave e encaminhada para o pronto socorro do Hospital Universitário.

Depois de alguns dias internado, a família do senhor Arionaldo conseguiu a transferência do paciente para o Bom Samaritano onde foi internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Danilo Henrique foi localizado por policiais civis da Seção de Furtos e Roubos (SRF) da 9ª SDP disse que a intenção era de matar Arionaldo.

O criminoso que foi autuado no crime de tentativa de latrocínio deverá agora responder pela morte da vítima.