Travesti é ferida por tiro no centro de Maringá

A travesti Rafael Oliveira Rocha, de 26 anos, mais conhecida como “Pâmela”, foi baleada no início da madrugada de sábado (8) na esquina da avenida Herval com rua Joubert de Carvalho, em Maringá. A vítima estava parada na calçada quando foi atingida por um tiro nas costas. O projétil saiu no peito da travesti.

O atirador que dirigia uma utilitário Fiat Strada saiu em disparada. Uma pessoa que presenciou o fato foi seguindo o veículo suspeito e passando as características para um policial que estava no 190 da Polícia Militar. O criminoso conseguiu sair da área central em alta velocidade.

Uns 20 minutos depois da tentativa de homicídio, policiais militares conseguem visualizar a Fiat Strada na avenida Morangueira indo sentido Iguaraçu. O motorista não obedeceu a ordem de parada e mesmo assim conseguiu entrar em uma estrada rural. Depois de uma perseguição, o suspeito capotou a picape e fugiu a pé.

Um cerco foi montado na mata mas o atirador conseguiu escapar dos policiais militares. De acordo com informações, a travesti teria participado de um programa amoroso com o motorista da Fiat Strada. A polícia acredita que houve um desentendimento logo após o término do programa.

A travesti Pâmela foi socorrida em estado grave sem risco de morte. O Siate encaminhou a vítima para o pronto socorro do Hospital Universitário de Maringá onde permanece internada. O caso já está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios.