Suspeita de esfaquear o marido em Sarandi fala sobre o crime que ela está sendo acusada

Sueli Fernanda de Assis Almeida, de 37 anos, suspeita de esfaquear o marido Gilvanês Rosários Pedra, de 4o, compareceu na tarde desta segunda-feira (10) na delegacia da Polícia Civil de Sarandi. Acompanhada do advogado criminalista Ragiotto, Sueli pretendia prestar depoimento para o delegado mas foi adiado.

Sueli que é servidora municipal de Maringá concedeu uma entrevista exclusiva para o repórter André Almenara alegando que estava bêbada quando aconteceu uma briga entre o casal. Sueli não se recorda de ter esfaqueado Gilvanês.

O advogado de defesa alega que todos os fatos serão esclarecidos durante o inquérito policial. Já o delegado Adriano Garcia, contesta a versão da suspeita. Garcia irá ouvir Sueli na terça-feira (11). Dependendo do entendimento do delegado, Sueli poderá ser presa.

No vídeo abaixo assista a entrevista de Sueli Almeida.