Maringaense assassinado em Sarandi é sepultado pela família

Guilherme Rodrigues Ribeiro, de 25 anos, foi sepultado no final da tarde desta segunda-feira (17) no Cemitério Parque de Maringá. Familiares e amigos que conviviam com o rapaz acompanharam o enterro. Guilherme foi encontrado morto ao lado do carro da mãe no Ecovalley em Sarandi.

A vítima foi ferida com golpes de faca no peito. A Polícia Civil de Sarandi apreendeu um canivete que estava dentro do carro GM Colbat. Os investigadores já descobriram que no domingo pela manhã o jovem foi até uma tabacaria na avenida Tuiuti onde comprou dois charutos e um canivete.

A família e amigos confirmaram que na noite de sábado Guilherme Ribeiro havia ido até uma festa de uma rede de supermercados onde trabalhava como promotor de vendas. A namorada que ficou quase 3 anos e meio com Guilherme foi para outra festa acompanhada dos pais.

Guilherme Ribeiro não tinha antecedentes criminais e não tinha inimigos. Amigos dizem estar surpresos com o ocorrido já que o jovem era calmo. Guilherme morava com a mãe, o padrasto e irmãos no Jardim Santa Rosa em Maringá.

Em sua rede social, a namorada Camila escreveu a

seguinte frase:

Eu te amo eternamente meu amor, nunca uma pessoa foi tão especial Doq vc foi pra mim, não é atoa que estamos a 3 anos e meio juntos e já estávamos planejando até casar, tinhamos os nossos planos, os nossos sonhos juntinhos…. Vc nunca fez mal a ninguém, sempre pensava nos outros antes de pensar em vc msm pra fazer as coisas.. Eu te amo eternamente mais que tudo..
Que Deus tome conta da situação.