Suspeito de desferir mais de 120 facadas em vítima na cidade de Paiçandu é preso

Investigadores da Polícia Civil de Paiçandu prenderam Vittor da Silva Kaniel, de 19 anos, o vulgo “Vitinho”. O suspeito foi preso no Conjunto Cidade Alta, em Maringá. Vittor é o principal suspeito de ter matado Aleksandro de Souza Sodré, de 21 anos, assassinado com 127 facadas no dia 6 de maio na Estrada Condi.

Na última quarta-feira (19), os mesmos policiais civis de Paiçandu prenderam Santiago Batista da Silva, de 19 anos, que é apontado como sendo co-autor do crime. Na casa de Santiago os policiais apreenderam uma faca dentro do guarda roupa, arma que pode ter sido usada no homicídio.

De acordo com a investigação, Vittor e Santiago raptaram Aleksandro Sodré em Iguaraçu com ajuda de Fabiano Aparecido Guedes, de 28 anos, que também está preso em Colorado. Aleksandro foi colocado em um carro Renault Clio de propriedade de Santiago e depois levado para a estrada rural em Paiçandu onde foi assassinado.

No dia do crime de Aleksandro, os autores do crime gravaram um vídeo matando a vítima. O vídeo que está nas mãos da polícia mostra nitidamente a tatuagem na perna de Vittor. O advogado de Santiago diz que seu cliente é inocente. Vittor em uma conversa com os policiais já teria confessado que ele e Santiago mataram a vítima.

O delegado Mateus Ganzer conta que o tráfico de drogas foi o motivo do crime. A vítima Aleksandro que era morador de Iguaraçu ficou um tempo morando em Paiçandu. Na cidade comercializou droga e ficou devendo dinheiro.