Bandidos de Maringá são mortos após roubo de carro

Na noite de terça-feira (25), dois bandidos de Maringá tombaram mortos pela Polícia Militar do 4º Batalhão. Os marginais roubaram um veículo VW Golf em Tupinambá, Distrito de Astorga. Os suspeitos que agiram ainda durante a tarde estavam armados e usando uma Ford Ecosport que também foi roubada dias atrás.

Na fuga, o automóvel Golf apresentou um problema mecânico e foi abandonado em uma estrada rural. Os ladrões que já tinham tentado roubar uma camionete Toyota Hilux em Astorga voltaram para Maringá pela estrada rural. Uma equipe de policiais militares de Astorga trombaram com os bandidos e trocaram tiros.

Um dos policiais revidou atingindo a lataria da Ecosport. Os criminosos conseguiram fugir a pé pelo mato. Dentro do veículo os soldados apreenderam um bloqueador de rastreador e duas placas de veículos. As equipes CHOQUE e ROCAM de Maringá foram acionadas para fazer buscas com ajuda de cães farejadores.

Por volta de 21h3o, os bandidos que estavam escondidos no mato efetuaram tiros contra os policiais que novamente revidaram e acabaram matando Erick Bispo, de 22 anos, e Maurílio Rodrigues de Souza, de 30 anos, ambos moradores da Vila Operária.

Dois revólveres calibre 22 e 38 foram apreendidos em poder dos bandidos. Os dois meliantes estavam envolvidos em roubos de camionetes. Em março de 2016, Erick Bispo foi preso logo após furtar uma camionete S10 na avenida Joaquim Duarte Moleirinho. Na época, um policial militar a paisana efetuou tiros tentando parar o veículo.

Na fuga, Erick bateu a camionete contra veículos que estavam parados na frente de um bar. Consta em sua ficha criminal um crime de assalto. O Comando da Polícia Militar declarou que o objetivo dos policiais não é tirar a vida de ninguém, mas se enfrentar a polícia terá a resposta a altura.