Rapaz sobrevive após ser atingido por tiros no Conjunto Cidade Alta

A tentativa de homicídio ocorreu no final da noite de sábado (12) na Rua Dolores Duran, no Conjunto Cidade Alta, em Maringá. A vítima Valdemir Soares dos Santos, de 29 anos, estava em sua casa quando foi chamado por uma pessoa. Ao sair no portão, Valdemir já foi recebido no tiro pelo criminoso.

A vítima ainda conseguiu retornar para dentro do imóvel mas o autor foi atrás e atirou mais vezes. Valdemir foi atingido por dois tiros. Durante a ação, algumas pessoas da família da vítima conseguiram dominar e entrar em luta corporal com o atirador.

Uma pessoa conseguiu retirar o capuz do rosto do criminoso e ainda deu várias coronhadas com a arma contra a cabeça do meliante que ainda conseguiu fugir da casa. A família de Valdemir vendo a gravidade dos ferimentos colocou o rapaz em um veículo e o deixou na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Zona Sul.

Uma equipe do Samu foi chamada após 30 minutos para transportar o paciente para o Hospital Universitário. UM médico intervencionista que acompanhou a remoção confirmou que Valdemir foi baleado duas vezes no tórax, e que os ferimentos eram graves.

A Polícia Militar de Maringá foi comunicada da tentativa de homicídio. Após ouvir familiares da vítima, equipes policiais deslocaram até várias residências em busca de um rapaz com alcunha de “canelinha”, que seria o principal suspeito de atirar em Valdemir.

Thiago Henrique de Lima Souza, de 19 anos, foi localizado em uma residência de uma mulher na Vila Vardelina. O rapaz estava todo ensanguentado e ferido na cabeça. Matheus Gabriel, de 21 anos, que é irmão de Thiago, também foi detido pois teria dado fuga após a tentativa de homicídio.

Levados para a delegacia, Thiago e Matheus negam o crime. A PM ainda apreendeu porções de cocaína e maconha durante as prisões. A arma usada no crime não foi localizada pelos policiais.