A notícia sempre perto de você!
Maringá -PR | 23/06/2024 06:14
Auto Posto BérgamoANIVERSÁRIO MARINGÁCloset KidCABEAR
CABEARANIVERSÁRIO MARINGÁCloset KidAuto Posto Bérgamo
Policial

Maníaco da Torre é condenado pela segunda vez no ano

O assassino em série Roneys Fon Firmino Gomes, de 46 anos, foi condenado por mais um crime de homicídio que era acusado. Pela segunda vez em 2019,...

Compartilhe:
Maníaco da Torre é condenado pela segunda vez no ano
O assassino em série Roneys Fon Firmino Gomes, de 46 anos, foi condenado por mais um crime de homicídio que era acusado. Pela segunda vez em 2019, Roneys sentou no banco dos réus. O julgamento que começou antes das 9 horas da manhã desta quinta-feira (5) só acabou no início da noite com a sua condenação. Roneys Firmino foi condenado em 23 anos e 4 meses por homicídio com três qualificadoras, sendo por asfixia, motivo fútil e mediante dissimulação. O acusado ainda foi condenado por ocultação de cadáver. Roneys foi julgado pela morte de Silmara Aparecida de Melo, 33 anos, morta em maio de 2012. Ela era moradora de Sarandi, casada com um segurança e deixou dois filhos. O corpo de Silmara foi localizado por um idoso que passava pela Estrada da Roseira, embaixo de uma torre de transmissão elétrica em uma plantação de milho. A última vez que Silmara foi vista com vida, ela estava em uma lanchonete nas proximidades da Praça Rocha Pombo. A confissão do serial killer aos policiais ocorreu quando foi preso em julho de 2015 pela morte de Mara Josiane dos Santos, de 36 anos. O Maníaco da Torre confessou aos policiais ter agido pela primeira vez em março de 2012. A vítima nunca foi identificada e o corpo achado sob a torre de transmissão de energia na Estrada Roseira. O segundo crime que assumiu foi de Silmara Aparecida de Melo, 33 anos. Em agosto de 2013, a terceira vítima, também sem identificação. Em julho de 2014, mais um corpo de mulher achado, e mais uma vítima sem identificação. Quando ouvido em juízo nos processos que responde, ele passou a negar todos os crimes. As negativas não foram suficientes para evitar a condenação pelo Tribunal do Júri no caso de Edinalva José da Paz, encontrada morta no dia 7 de dezembro de 2010. Um celular ligou o maníaco às vítimas. Após a prisão de Roneys, não houve nenhum novo registro de crime contra garotas de programa, com o mesmo padrão adotado por ele. Mais de dez mulheres foram localizadas nuas em meio a plantações, próximas a torres de energia, entre os anos de 2005 e 2015. Roneys foi considerado pela polícia como um dos maiores assassinos em série do estado. Segundo Roneys, ele tinha ódio das mulheres porque sua mãe era garota de programa e foi assassinada na cidade de Campo Mourão quando ele tinha 7 anos de idade. Todas as mulheres que foram vítimas do maníaco eram assassinadas por estrangulamento. Além de deixar as vítimas nuas, ele ainda confessou aos policiais civis que rezava ao lado de cada corpo. Na época, investigadores da Delegacia de Homicídios encontraram as roupas de uma das vítimas a três quilômetros de distância de onde o corpo estava. Ao lado das roupas, a polícia achou pedaços de um para-choque de uma BMW azul. Conforme as investigações, o suspeito tinha o veículo, e o para-choque desse automóvel estava danificado. Os pedaços que estavam com a polícia se encaixaram perfeitamente na parte estragada. Além disso, uma câmera de trânsito flagrou o automóvel no dia e local em que a mulher teria sido morta. Foi com esses indícios que a polícia pediu a prisão de Roneys. Em março de 2019, Roneys foi condenado em 21 anos e 4 meses de prisão pela morte de Ednalva José da Paz, de 19 anos. A condenação foi pelos crimes de homicídio qualificado e por ocultação de cadáver. No júri desta quinta-feira, os advogados Josiane Monteiro Bichet Oliveira e Willian Francis disseram que vão recorrer da decisão.    
Maníaco da Torre é condenado pela segunda vez no ano
Maníaco da Torre é condenado pela segunda vez no ano
Maníaco da Torre é condenado pela segunda vez no ano
Maníaco da Torre é condenado pela segunda vez no ano
Maníaco da Torre é condenado pela segunda vez no ano
Maníaco da Torre é condenado pela segunda vez no ano
Maníaco da Torre é condenado pela segunda vez no ano
Maníaco da Torre é condenado pela segunda vez no ano
Publicado em:
Atualizado em:
04/07/2023 17:40

Artigos relacionados

Criminoso envolvido em asssassinatos em Sarandi é morto pela RONE

Criminoso envolvido em asssassinatos em Sarandi é morto pela RONE

Um criminoso envolvido em vários crimes de homicídios foi morto durante um confronto com policiais da RONE, na tarde...Policial
Ler artigo
Dois bandidos morrem em confronto com a RONE em Maringá

Dois bandidos morrem em confronto com a RONE em Maringá

Criminosos utilizando um Honda Civic, fizeram um assalto no início da noite de terça-feira, 18, na Avenida Nildo...Policial
Ler artigo
Ladrão que roubou carro de uma gestante é morto durante confronto com policiais em Maringá

Ladrão que roubou carro de uma gestante é morto durante confronto com policiais em Maringá

Gilberto Farias Júnior morreu após ser baleado por policiais durante um confronto que ocorreu na noite de sábado,...Policial
Ler artigo
Criminosos envolvidos em assassinatos são presos durante operação policial em Sarandi

Criminosos envolvidos em assassinatos são presos durante operação policial em Sarandi

Três homens envolvidos em crimes de homicídios já estão sob custódia após uma operação policial que foi...Policial
Ler artigo
Grande quantidade de crack é apreendida em residência no Parque Hortência em Maringá

Grande quantidade de crack é apreendida em residência no Parque Hortência em Maringá

Uma operação do Setor Antitóxico da Polícia Civil resultou em uma grande apreensão de crack e maconha. Um casal...Policial
Ler artigo
Criminoso que estava indo matar uma pessoa em Sarandi acaba morto pela PM

Criminoso que estava indo matar uma pessoa em Sarandi acaba morto pela PM

O criminoso Maycon da Silva Dourado, de 22 anos, foi morto durante um confronto com a Polícia Militar de Sarandi. O...Policial
Ler artigo
Mulher de 30 anos morre ao sofrer acidente de moto em Sarandi

Mulher de 30 anos morre ao sofrer acidente de moto em Sarandi

O acidente foi no domingo, 9, na Estrada Jaguaruna, no Jardim França, em Sarandi. Erisneide Henrique Menezes estava de...Policial
Ler artigo
Ginecologista acusado por abuso sexual contra 34 pacientes deixa prisão com tornozeleira eletrônica

Ginecologista acusado por abuso sexual contra 34 pacientes deixa prisão com tornozeleira eletrônica

O ginecologista Hilton Cardim, réu por abuso sexual contra 34 pacientes, deixou a prisão na tarde desta sexta-feira,...Policial
Ler artigo
Publicidade
Auto Posto BérgamoCABEAR

Empresas Parceiras