Dois suspeitos de matarem funcionário de tabacaria são detidos

A Polícia Civil de Marialva com apoio da PM conseguiu colocar na cadeia dois suspeitos do crime de homicídio contra Pedro Henrique Teixeira Martins, de 27 anos. Foram detidos um adolescente de 17 anos e um jovem de 18. Durante buscas, os policiais civis localizaram um capuz, um revólver calibre 32, e dois carregadores de pistola.

O adolescente já confessou ao delegado de Marialva que matou o funcionário da tabacaria. O outro suspeito de 18 anos está sendo ouvido por um escrivão e investigadores. Os dois suspeitos são moradores de Marialva. De acordo com informações, os meliantes assim que deixaram a tabacaria teriam fugido a pé e não de carro como foi relatado.

O adolescente já teria dito em seu depoimento que não mataram a vítima por engano. O objetivo era matar Pedro Henrique Teixeira. A motivação o delegado ainda não quer divulgar, pois outras pessoas serão ouvidas na delegacia.

A reportagem soube que o crime pode ter sido por causa de um roubo de camionete de uma pessoa de Marialva. Pedro Henrique não estaria envolvido no roubo do veículo segundo informações. Tudo isso está sendo apurado pela Polícia Civil.

O delegando ainda disse que os suspeitos não serão apresentados pela Polícia Civil de Marialva devido a nova lei do abuso de autoridade que entrou em vigor no dia 3 de janeiro de 2020. A lei proíbe a exibição de presos à imprensa.