Homem que causou acidente e espancou ex-namorada é preso

Está preso preventivamente Gildo Cavalheri Júnior, de 38 anos, suspeito de “fechar” o carro da ex-namorada e ainda de provocar o acidente que ocorreu durante a semana na Rua Saldanha Marinho, na zona 7, em Maringá. O homem compareceu na Delegacia da Mulher para prestar depoimento sobre o ocorrido.

Após ser ouvido, Gildo recebeu voz de prisão e foi algemado pelos policiais civis. A mulher sofreu um acidente que foi provocado pelo ex-namorado. O carro da vítima subiu em uma calçada e depois atingiu a vidraça de uma loja de móveis.

Após a batida, o ex-namorado retornou ao local acompanhado de um cachorro para ameaçar a mulher. A Delegacia da Mulher descobriu horas depois que Gildo foi até a casa da ex-namorada minutos após o acidente onde teria ocorrido diversas agressões.

A delegada Luana Lopes contou que a mulher foi brutalmente espancada pelo ex-namorado. A policial relatou que havia várias lesões na vítima. Em seu interrogatório, Gildo contou que em nenhum momento agrediu a ex-namorada, e que não tinha a intenção de provocar o acidente.

Gildo chegou a contar aos policiais que a ex-namorada é usuária de drogas. O mandado de prisão contra Gildo Cavalheri é por injúria, tentativa de feminicídio, ameaça, sequestro e cárcere privado, violação de domicílio, invasão de dispositivo e dano. A Delegacia da Mulher confirmou que há uma medida protetiva em favor da mulher.