Homem de 66 anos vai até a DH e confessa o último homicídio de Maringá

Um homem acompanhado de um advogado compareceu na tarde de quinta-feira (20) na Delegacia de Homicídios de Maringá para prestar seu depoimento sobre um crime de assassinato que ocorreu na última terça-feira (18) na Avenida Colombo, na Vila Santo Antônio.

Valdemar Tampelini, de 66 anos, confessou que esfaqueou e matou Robson da Rocha, de 33 anos. O motivo seria um furto de uma carteira. Valdemar contou aos policiais que Robson teria invadido sua casa que fica na Vila Santo Antônio e furtado a carteira contendo dinheiro e documentos.

No dia do crime, Valdemar soube que Robson estava sentado na Avenida Colombo e foi lá com o objetivo de recuperar seus objetos. A vítima estava na companhia de uma travesti quando ocorreu os golpes de faca. A DH conseguiu uma imagem de câmera onde mostra o autor desferindo facadas em Robson.

Na imagem também mostra que a vítima não teve tempo de se defender dos golpes. Robson após ser atingido por duas facadas caí na calçada e morre. O senhor Valdemar foge logo em seguida em direção de sua residência. Por hora, Valdemar vai responder o crime em liberdade conta o delegado Diego Almeida, da DH.