Quadrilha que agiu em casa de policial militar é presa em Maringá

Um trabalho conjunto entre a Polícia Civil de Terra Rica e Polícia Militar de Maringá, uma quadrilha foi presa na tarde da última quinta-feira (12). Após os cumprimentos de mandados de busca e prisões, as forças policiais prenderam quatro bandidos que agiram contra várias residências na região de Terra Rica e Guairaçá.

As prisões em Maringá aconteceram em três bairros da zona sul. Durante buscas em imóveis, os policiais apreenderam dois simulacros de arma de fogo, celulares, um tablete de maconha, um patinete elétrico, perfumes, vídeo game, cédulas em dinheiro da Venezuela, e ainda dois passarinhos avaliados em mais de R$ 3 mil.

De acordo com o delegado da Polícia Civil de Terra Rica, os criminosos saíam de Maringá para agir em residências de alto padrão. Em um dos casos, os ladrões arrombaram a casa de um policial militar que mora na cidade de Guairaçá.

Da residência foi levado diversos objetos, cartões de créditos, uma farda da PM, e um automóvel. O bando utilizou dias depois do furto o cartão de crédito para sacar dinheiro. A Polícia Civil começou a monitorar os meliantes. Um dos marginais que foi localizado já constava com passagens pelo crime de homicídio.

Durante a operação que foi realizada em Maringá, os policiais apreenderam também dois veículos, sendo um clonado e furtado. A farda usada pelo policial militar que trabalha no Mato Grosso não foi achada até o presente momento. Os nomes dos detidos não foram divulgados pelas forças policiais.