Após ser baleado na perna, vítima recusa ir ao hospital por medo do vírus

A Delegacia de Homicídios de Maringá está investigando uma tentativa de assassinato que ocorreu no final da manhã desta segunda-feira (23) no Conjunto Santa Felicidade. Cristian Unilha da Silva, de 33 anos, foi ferido por um tiro na perna.

De acordo com informações levantadas pela PM, uma mulher teria sido o pivô do tiro. O namorado da mulher teria efetuado o disparo contra Cristian. A polícia localizou próximo do baleado uma munição intacta de pistola calibre 9mm. Os policiais não descartam a hipótese da vítima ter manuseado a arma e disparo contra ela mesma.

Ao ser socorrido pelo Siate, Cristian Unilha da Silva assinou um termo de recusa de atendimento. O baleado pediu para não ser levado ao pronto socorro de hospital com receio do coronavírus. Os socorristas e a polícia foram embora.