Detento encontrado morto em cela de Sarandi foi assassinado diz delegado

A Polícia Civil de Sarandi já descobriu a verdade sobre a morte de Vinicius dos Santos Barbosa, de 22 anos, que foi encontrado morto em uma das celas da Cadeia Pública. Vinicius foi encontrado com uma corda enrolada no pescoço. No primeiro momento a morte foi tratada como suicídio.

Após algumas diligências serem feitas dentro da própria cadeia, o delegado Adriano Garcia com sua equipe de investigadores levantaram a informação de que cinco presos teriam praticado um crime de homicídio contra o presidiário Vinicius Barbosa.

O delegado lavrou o auto de prisão em flagrante por homicídio culposo qualificado para os cinco presos que estavam na mesma cela. O delegado ainda disse que os criminosos tentaram forjar um suicídio, mas evidências encontradas no corpo não deixaram dúvidas de que a vítima foi assassinada.

Vinicius Barbosa teve um irmão e o pai assassinados a tiros. O pai de Vinicius, Fernando de Oliveira Barbosa, de 56 anos, foi assassinado com três tiros. Alan Barbosa, de 24 anos, o conhecido “Alan Neguinho”, foi executado a tiros em uma marcenaria.

Vinicius Barbosa estava preso preventivamente por um mandado de prisão. A última detenção de Barbosa foi por causa de uma pistola que teria sido usada em diversos homicídios na cidade de Sarandi.