Jovem maringaense é assassinada pelo marido na França

A maringaense Franciele Alves da Silva, de 29 anos, foi encontrada morta no apartamento onde vivia há dois anos com o marido, Rodrigo Martin,  de 27 anos, e os dois filhos do casal. Franciele foi vítima de feminicídio. De acordo com a Rádio França Internacional, uma vizinha de Franciele foi quem acionou a polícia.

O autor do crime se entregou um dia depois do crime e confessou ter matado a mulher. A jovem foi ferida com uma faca enterrada no tórax e três ferimentos na parte inferior do corpo. Ela chegou a ser socorrida, mas não sobreviveu e foi declarada morta.

A vizinha declarou aos policiais que tinha ouvido ruídos de discussão no apartamento do casal. Minutos depois, o brasileiro tocou a campainha e pediu que ela chamasse a polícia. O homem deixou o prédio levando os dois filhos do casal, de 2 e 4 anos.

Antes de fugir, o marido de Franciele deixou as duas crianças na casa do patrão, um empreiteiro da construção civil. A identidade do casal não foi revelada pela polícia. Os investigadores tratam o caso como um provável feminicídio graças ao depoimento da sobrinha do companheiro.

Ela chegou ao apartamento durante a intervenção da polícia, porque o casal havia pedido que ela viesse cuidar dos filhos. O depoimento da jovem permitiu que as investigações avançassem de forma rápida. Os filhos do casal estão sob a guarda das autoridades francesas.

O irmão de Franciele, Leandro Miller, que mora em Maringá, busca ajuda para o translado do corpo e para trazer os sobrinhos, de 2 e 4 anos, para o Brasil. O casal Rodrigo e Franciele chegou a morar também na cidade de Paiçandu.

 

 

 

1 comentário em “Jovem maringaense é assassinada pelo marido na França”

  1. Pingback: Jovem maringaense é assassinada pelo marido na França - Vila Operaria | Maringá

Comentários encerrados.