Corpo de morador de rua assassinado é identificado no IML

O Instituto Médico Legal identificou o corpo do morador de rua que foi assassinado em Maringá. Rafael José Viana, de 30 anos, o vulgo “latinha”, foi brutalmente espancado e morto por pedradas.A família do rapaz compareceu no início da tarde desta sexta-feira (20) e fez o reconhecimento.

O crime ocorreu no final da madrugada de hoje na Rua do Comércio, no Jardim Mandacaru, em Maringá. O corpo foi encontrado na calçada nos fundos de uma agência bancária. A polícia foi informada por moradores que havia um homem caído e todo ensanguentado.

A vítima apresentava inúmeras lesões graves em face e crânio. Os policiais acreditam que Rafael foi morto a pedradas ou pauladas. Ao lado do corpo havia um cachimbo para uso de crack. A Delegacia de Homicídios está tentando localizar imagens de câmeras para identificar o autor ou autores do crime.

Parte da família de Rafael é da cidade de Paiçandu. A irmão reside na Vila Santa Izabel em Maringá.