Motorista que atropelou avô e criança na faixa de pedestre se apresenta na delegacia

Adenilson Alves da Cunha, de 46 anos, compareceu na manhã desta segunda-feira, 13, na Delegacia de Trânsito de Maringá. Cunha confessou ao delegado que estava dirigindo um automóvel VW Gol quando atropelou um senhor de idade e a netinha de três anos.

O acidente aconteceu no último dia 4 na Avenida Franklin Delano Roosevelt, no Conjunto Requião. O avô estava com a neta no colo quando foi atravessar na faixa de pedestre. O motorista atingiu as vítimas e fugiu do local sem prestar socorro.

O senhor de idade e a criança foram socorridos e encaminhados ao pronto socorro do Hospital Metropolitano de Sarandi. Ambas vítimas se recuperaram do acidente. Os policiais civis ao tomarem conhecimento do acidente conseguiram imagens de câmeras.

Após a identificação da placa do veículo, o condutor foi intimado para ser ouvido na Delegacia de Trânsito. Acompanhado de um advogado, o condutor disse que fugiu porque ficou com medo de ser linchado por populares, e por isso, saiu do local.

O delegado Fernando Garbelini disse que a carteira de habilitação do motorista está cassada há 10 anos. Provavelmente a irregularidade em sua CNH foi motivo para ter fugido do local. Adenilson Cunha foi ouvido e liberado delegado. O motorista irá responder pelo crime de lesão corporal de trânsito qualificada, CNH cassada e por não omissão de socorro.