Enteado mata com mais de 20 facadas a madrasta em Maringá

O crime de feminicídio ocorreu por volta de 5 horas da manhã desta quinta-feira, 12, na Rua Cajueiro, no Loteamento Madrid, em Maringá. Neide Aparecida Balivieira Bezerra, de 45 anos, foi morta com aproximadamente 25 facadas.

Neide estava em sua casa com sua filha de 10 anos quando foi atacada pelo enteado identificado pelo nome de Renan Francisco Alves da Silva, de 24 anos. O marido de Neide é funcionário de um das empresas do Ceasa e saiu durante a madrugada para trabalhar.

Minutos depois de chegar ao trabalho, recebeu uma ligação da esposa de que um homem estaria tentando arrombar a porta de casa. O marido retornou ao imóvel e quando chegou encontrou a porta arrombada e a mulher caída ferida na cama.

Renê acionou o socorro, mas quando as equipes chegaram ao local Neide já estava morta. A vítima foi ferida por pelo menos 25 facadas. O marido disse aos policiais que o filho tinha ciúme do relacionamento dele com a esposa. Renan chegou a enviar um áudio ao pai minutos depois de matar a madrasta.

No áudio o assassino disse que matou com gosto a mulher não demonstrando arrependimento. O pai de Renan contou também que o filho agrediu a própria esposa na semana passada dentro da expoingá. A polícia acredita que nas próximas horas o criminoso deverá se apresentar com advogado na Delegacia de Homicídios.